teste DASS-21

O papel do teste DASS-21 na saúde corporativa

08 julho, 2024

O cuidado com a saúde mental nunca foi levado tão a sério. E o teste DASS-21 surge como uma ferramenta importante para este cuidado no ambiente corporativo. Afinal, se o maior bem das empresas são os seus colaboradores, é preciso valorizá-los e buscar maneiras de mantê-los engajados e saudáveis.

Pensando nisso, aqui vamos falar mais sobre como funciona o DASS-21 e de como a saúde mental dos colaboradores tem um impacto direto no ambiente de trabalho e nos resultados da empresa. Acompanhe!

A saúde mental nas empresas brasileiras

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os transtornos mentais são a principal causa de incapacidade laboral no mundo. Já no Brasil, em um estudo realizado em 2023, 87% das empresas registraram um afastamento em sua corporação por causa de doenças que afetam a mente do colaborador. E esses dados são apenas de 2023.

Além disso, o estudo também aponta que a ansiedade, com 51%, é o transtorno que, de acordo com os entrevistados, mais afastou as pessoas do trabalho. Em seguida aparecem outras condições, como:

Por fim, 48% dos gestores e funcionários de RH entrevistados relataram que, por percepção, eles acreditam que há a possibilidade de que pelo menos 10% dos colaboradores nas empresas tenham condições ainda não detectadas. 

Assim sendo, essas estatísticas reforçam ainda mais a necessidade de ferramentas como o teste DASS-21 para monitorar a saúde mental dos colaboradores.

– Para saber mais sobre o assunto, acesse: Panorama da saúde mental no Brasil

O que é o teste DASS-21?  

O teste DASS-21, sigla para Depression, Anxiety and Stress Scale, é uma ferramenta psicológica desenvolvida para avaliar os níveis de depressão, ansiedade e estresse. Criado para ser de fácil aplicação e interpretação, o DASS-21 é utilizado tanto em contextos clínicos quanto corporativos para monitorar a saúde mental de colaboradores

Assim sendo, tratando-se do ambiente corporativo, o DASS-21 permite que os gestores identifiquem precocemente problemas de saúde mental em sua equipe.

Então, a partir desses resultados, a empresa pode desenvolver programas de suporte e ações preventivas, garantindo um ambiente de trabalho mais saudável e equilibrado. Porém, as possibilidades oferecidas pelo teste vão muito além. Abaixo falaremos um pouco mais sobre isso!

Como o teste DASS-21 pode ser usado na saúde corporativa

O teste pode ser utilizado em diversos aspectos em prol da gestão de saúde corporativa. Dentre eles, destaque para:

Avaliação inicial do bem-estar mental

Ao ingressar na empresa ou em intervalos regulares, os colaboradores podem ser convidados a responder o teste DASS-21. Dessa forma, a empresa poderá ter uma visão inicial do estado de saúde mental da equipe, identificando níveis de depressão, ansiedade e estresse que podem requerer atenção.

Monitoramento contínuo

A aplicação periódica do teste DASS-21 permite acompanhar a evolução da saúde mental dos colaboradores ao longo do tempo. Essa prática ajuda a identificar tendências e padrões, possibilitando intervenções precoces e ajustadas às necessidades da equipe.

Diagnóstico precoce

Conforme já citamos brevemente, o DASS-21 permite que gestores e profissionais de recursos humanos possam detectar sinais iniciais de problemas de saúde mental antes que eles se agravem. Essa ação é fundamental para evitar que questões menores evoluam para transtornos mais sérios que possam impactar negativamente a saúde do colaborador e, consequentemente, a produtividade e o ambiente de trabalho.

Planejamento de intervenções

Os resultados do teste DASS-21 fornecem dados confiáveis que podem orientar a criação de programas de bem-estar e saúde mental. Assim sendo, com base nas necessidades identificadas, as empresas podem desenvolver ações variadas, como: workshops, sessões de terapia, programas de mindfulness, atividades físicas e outras iniciativas voltadas para a promoção da saúde mental.

Suporte individualizado

Além de iniciativas coletivas, o DASS-21 permite identificar colaboradores que necessitam de suporte individualizado. Então, a partir dos resultados, a empresa pode oferecer sessões de aconselhamento ou encaminhamentos para profissionais de saúde mental, proporcionando um cuidado mais personalizado e eficaz.

Avaliação da eficácia das intervenções

Ao aplicar o DASS-21 antes e depois de programas de intervenção, a empresa pode avaliar a eficácia dessas iniciativas. Assim sendo, comparando os resultados, é possível verificar se houve uma redução nos níveis de depressão, ansiedade e estresse, ajustando as estratégias conforme necessário.

O teste DASS-21 ajuda na promoção de uma cultura de cuidado

A implementação do teste DASS-21 demonstra o compromisso da empresa com o bem-estar de seus colaboradores. Isso contribui para a construção de uma cultura organizacional que valoriza a saúde mental, incentivando os colaboradores a cuidarem de si mesmos e uns dos outros.

Compliance e responsabilidade social

Utilizar ferramentas como o DASS-21 pode ajudar a empresa a cumprir requisitos legais e regulatórios relacionados à saúde e segurança ocupacional. Além disso, demonstra responsabilidade social ao promover um ambiente de trabalho saudável e apoiar a saúde mental dos colaboradores.

Melhoria do desempenho e produtividade

Por fim, ao identificar e tratar questões de saúde mental de forma eficaz, a empresa contribui para o aumento do bem-estar geral dos colaboradores, o que, por sua vez, melhora o desempenho, a produtividade e a satisfação no trabalho.

Benefícios do uso do teste DASS-21 na saúde corporativa

A implementação do DASS-21 na saúde corporativa traz diversos benefícios, tanto para os colaboradores quanto para a empresa como um todo, por exemplo:

  • Melhoria do bem-estar geral dos colaboradores;
  • Redução do absenteísmo e do turnover;
  • Aumento na produtividade;
  • Redução de custos relacionados à saúde;
  • Fortalecimento da imagem corporativa;
  • Identificação precoce de problemas de saúde mental, entre outros.

Todos esses benefícios são observados porque os colaboradores que se sentem apoiados e compreendidos tendem a ter um maior engajamento e lealdade à empresa. Assim sendo, a empresa passa a contar com colaboradores mais satisfeitos e, dessa forma, observa uma melhoria em seus resultados. 

Como realizar o teste DASS-21 na prática

Através de suas 21 questões cuidadosamente elaboradas, ele é dividido igualmente entre as três áreas que avalia (depressão, ansiedade e estresse) e é capaz de oferecer um resultado preciso e confiável, permitindo um diagnóstico mais assertivo. 

Para a realização do teste, cada questão é pontuada em uma escala de 0 a 3, onde 0 significa que a afirmação não se aplica e 3 que ela se aplica a maior parte do tempo. Além disso, na hora de aplicá-lo, é importante criar um ambiente tranquilo e confidencial, onde os colaboradores se sintam à vontade para responder honestamente.

Por fim, é possível seguir algumas orientações, como:

  • Defina os objetivos da aplicação do teste: como identificar níveis de depressão, ansiedade e estresse, e obtenha o apoio da liderança para garantir a implementação eficaz. Engaje profissionais de saúde mental para administrar e interpretar os resultados do teste.
  • Comunique os colaboradores: explique claramente aos colaboradores os objetivos do teste DASS-21, seus benefícios e a importância da participação. Além disso, forneça orientações claras sobre como os colaboradores devem preencher o teste DASS-21, assegurando que compreendam que não há respostas certas ou erradas.
  • Escolha do método de aplicação: decida se o teste será administrado digitalmente ou em formato impresso.
  • Coleta e análise dos dados: colete os dados de maneira confidencial e segura, garantindo que apenas profissionais qualificados tenham acesso aos resultados para análise.
  • Feedback individualizado: ofereça feedback individual aos colaboradores sobre seus resultados, preferencialmente em sessões privadas com profissionais de saúde mental, e discuta estratégias de apoio e intervenção, se necessário.

Após a aplicação, os resultados devem ser analisados por profissionais qualificados, que podem interpretar os dados e sugerir as intervenções necessárias.

– Veja como funciona a escala do DASS-21 e mais informações sobre o teste no artigo: O que é o DASS-21?

Interpretação dos resultados do teste DASS-21

A interpretação dos resultados do DASS-21 deve ser feita por psicólogos ou outros profissionais de saúde mental. As pontuações de cada uma das três subescalas são somadas e comparadas com os valores de referência. 

Então, com base nesses resultados, é possível determinar se o colaborador está em um nível de depressão, ansiedade ou estresse considerado:

  • Normal;
  • Leve;
  • Moderado;
  • Grave;
  • Extremamente grave.

Estratégias de intervenção com base nos resultados do teste DASS-21

Com os resultados do DASS-21 em mãos, as empresas podem implementar diversas estratégias de intervenção. Dentre elas, é possível incluir sessões de aconselhamento, workshops sobre gerenciamento de estresse, programas de mindfulness e meditação, além de ajustes no ambiente de trabalho para torná-lo mais acolhedor. 

Aliás, também é possível iniciar as ações preventivas, como campanhas de conscientização sobre saúde mental e a promoção de um equilíbrio saudável entre vida profissional e pessoal.

Por fim, é possível compreender que investir na saúde mental dos colaboradores não é apenas uma responsabilidade social, mas também uma estratégia inteligente para alcançar melhores resultados e garantir o sucesso a longo prazo. Assim sendo, ao adotar o teste DASS-21, as companhias podem fazer a diferença na vida de sua equipe e na performance de sua empresa.

E então, você já conhecia o teste DASS-21? Já respondeu esse questionário ou aplicou ele em alguma empresa? Conta pra gente nos comentários! 💬

Leia também


Deixe seu comentário